União Seguradora - 55+ (51) 3061-9606

notícias

25 abr Alta cobrança do IRPF ajuda aporte em PGBL
25 abr Números do primeiro trimestre de 2018 injetam mais otimismo no mercado de seguros
25 abr Corretores de seguros aprovam prestação de contas do Sincor-SP
25 abr Como os milionários planejam a sucessão patrimonial para pagar menos impostos
20 abr Senado aprova Refis para optantes do Simples Nacional
20 abr Segurança das empresas brasileiras é falha
20 abr Construindo a Agenda de Sustentabilidade em Seguros na América Latina
20 abr Conscientização do brasileiro sobre seguros e previdência
18 abr Seguros para indústria estendem proteção de empresa para funcionários
18 abr Consumidores preferem canais tradicionais para aquisição de seguros
18 abr Provedora de dados e analytics investe no mercado brasileiro de seguros
18 abr Corretor deve ficar atento a detalhes na previdência privada
16 abr CSP-MG e entidades de mercado recebem superintendente da Susep
16 abr Risco empresarial será destaque no mercado
16 abr Mercado baixa expectativa de inflação e de alta do PIB em 2018
16 abr Bovespa ronda a estabilidade em manhã de vencimento de opções
10 abr A Herança e o Seguro de Pessoas
10 abr Balanço 2018 do Segurador Brasil
10 abr Quanto custa um seguro de vida?
10 abr IPCA fica em 0,09% em março e atinge menor resultado para o mês desde 1994, revela IBGE
9 abr Regulação de insurtechs pode demorar 3 anos
9 abr Abertura é a saída para o País
9 abr Mercado vê inflação menor e reduz previsão para alta do PIB em 2018
9 abr Taxas futuras de juros oscilam perto da estabilidade, após subirem com dólar
6 abr Planejamento para a aposentadoria ? uma necessidade para o trabalhador
6 abr Evento debate tecnologia no mercado de seguros
6 abr Demanda por bens industriais recuou 1,6% em fevereiro ante janeiro, diz Ipea
6 abr Bovespa cai com exterior pesado e cautela política no Brasil
6 abr PetroRio anunciou investimento de cerca de US$ 50 milhões no Campo de Polvo
5 abr Mercado de seguros propõe ajustes à nova Lei de Licitações
5 abr China impõe tarifas sobre 106 produtos americanos no valor de US$ 50 bi
5 abr Brasil é um dos vencedores com retaliação da China em guerra comercial
5 abr Representantes do mercado de seguros propõem ajustes na nova Lei de Licitações
3 abr Setor de seguros mantém otimismo e índice de confiança cresce em março
3 abr Ouro sobe com busca por ativos considerados seguros em meio a aversão ao risco
3 abr Em meio à crise, bancos são campeões de lucro: R$ 63 bi em 2017
3 abr Avanços na economia ficarão mais claros com o tempo, diz Meirelles
2 abr Mercado prevê inflação menor e juros mais baixos em 2018
2 abr Duas surpresas e uma frustração na economia
2 abr Mercado vê inflação mais baixa e crescimento menor do PIB em 2018
2 abr Mercado de US$ 421 bilhões pede atenção das empresas: tecnologia precisa estar na estratégia
29 mar Mulheres crescem em mercados majoritariamente masculinos
29 mar Índice de Intenção de Financiamento cresceu no trimestre
29 mar Conheça mais sobre o novo conceito de aposentado do INSS em 2018
29 mar Proporção de aplicadores que declararam investir em ações atingiu o maior valor desde junho de 2012
27 mar Presidente da CNseg explica o que são as reservas técnicas do setor segurador
27 mar Dívida pública sobe 1,53% em fevereiro e chega a R$ 3,58 trilhões
27 mar Planejador ou educador financeiro: qual contratar?
27 mar Seguro de Vida é tema de discussão em evento no CVG-SP
26 mar Como declarar INSS e previdência privada no Imposto de Renda 2018
26 mar Liminar suspende novas regras sobre local de incidência do ISS
26 mar Você está preparado? Veja o impacto da transformação digital no mercado de trabalho
23 mar União Seguradora dá prêmio de capitalização
28 fev Recadastramento das corretoras de seguros Pessoa Jurídica tem início nesta quinta, 1º de março; SINCOR-GO oferece apoio gratuito a corretoras associadas
28 fev Seguro customizado é tendência no mercado brasileiro
28 fev Seguradora Líder fala sobre modelo de centralização
1 fev Seguradoras sobem 3% e renovam máxima histórica; siderúrgicas estendem rali e Petrobras avança com petróleo
1 fev Seguradoras despontam como o setor mais propenso a mudar o relacionamento com os fornecedores neste ano
1 fev Presidente da Aconseg-RJ vê 2018 com confiança
1 fev Congresso de Corretores de Seguros do Sul do Brasil - BRASESUL/2018
22 dez Gaspar Luiz Machado, 60 anos dedicados ao Mercado Segurador
30 nov Grupo Aspecir apoia o Festival Hípico Noturno
10 nov Urbim, uma vida dedicada ao Mercado Segurador
30 out Eventos marcam os 500 anos da Reforma Luterana em Porto Alegre e Santa Rosa
30 out Troféu JRS - 15 anos
19 out Dia Mundial de Combate ao Câncer de Mama
2 out Destaques do Mercado de Seguros de Vida e Previdência
22 set Susep vai regulamentar seguro funeral
22 set Especialista em educação financeira dá dicas para quem deseja se aposentar
21 set Setor de seguros supera R$ 1 tri e pode trazer novo ciclo, afirma presidente da CNseg
19 set José Cairoli, governador do RS em exercício, prestigia ação do Grupo Aspecir, no Acampamento Farroupilha
11 set Produção de seguros sobe 0,6% até junho em termos homólogos - ASF
4 set Troca de previdência privada ganha força com reforma na aposentadoria
29 ago O mercado está pronto para absorver seguros?
29 ago Sincor-SP ressalta importância dos seguros de vida e previdência para população e o mercado
29 ago Pansera: Corretor, chegou a hora do recadastramento
29 ago Brasília: um mercado de oportunidades para o ramo de seguros
20 jul Planos de previdência são opção para futuro estável
19 jul Aspecir completa 80 anos de história
18 jul Aspecir 80 anos
9 jan União Seguradora e parcerias
6 set Índice de Confiança do Setor de Seguros tem alta de 62,2% no ano
6 set Entenda o que são fundos de pensão
25/04/2018

Alta cobrança do IRPF ajuda aporte em PGBL


Falta de reajuste da tabela do imposto de renda incentiva declarantes a pesquisar informações sobre vantagens na contratação de Planos Geradores de Benefícios Livres
A falta de correção pela inflação da tabela do imposto de renda (IR) e o aprendizado dos declarantes com as vantagens fiscais está incentivando uma maior procura por Planos Geradores de Benefícios Livres (PGBL) para complementar a aposentadoria no futuro.

No ano passado, de acordo com dados da Federação Nacional de Previdência Privada e Vida (Fenaprevi), o aporte em PGBLs – feito por pessoas físicas que fazem a declaração completa do imposto de renda (IRPF) cresceu 14% para R$ 10,17 bilhões, enquanto as contribuições para o Vida Gerador de Benefícios Livres (VGBLs) – voltada para quem faz a declaração no modelo simplificado – avançou 1,6% para R$ 106,62 bilhões.

“Independente da correção da tabela do IR, para quem faz a declaração completa, a aplicação em PGBL é extremamente vantajosa. Dependendo do valor da renda aos 65 anos, talvez ela nem pague mais o imposto de renda”, lembrou o gerente comercial da Brasilprev, Wagner Soares.

Ele explicou que no modelo PGBL, pela tabela progressiva compensável, o limite de isenção dobra de R$ 1.903,38 para R$ 3.806,76 quando o declarante atinge os 65 anos. “Isso vale para a renda (somada) do INSS e da previdência complementar”, disse.

O superintendente da Icatu Seguros, Bruno Hoffmann, também lembra que a pessoa física pode abater até 12% do imposto devido com aportes no PGBL. “Essa contribuição acumulada ao longo do tempo irá rentabilizar e formar uma reserva importante para o futuro”, explica Hoffmann.

Ele contou que, em geral, no início de carreira, as pessoas costumam contratar um VGBL (voltado para declaração simplificada), mas depois de um determinado patamar de renda, o PGBL passa a ser mais interessante. “É comum [a partir daí] ter os dois produtos e contribuir para aquele que for mais conveniente”, respondeu.

Além da demanda por PGBLs, Hoffmann também aponta a procura por esses planos de previdência na categoria multimercados por causa do momento de juros baixos nos planos de previdência renda fixa. “A Icatu sempre promoveu essa diversificação. O mercado era muito concentrado em renda fixa”, disse.

Sobre esse movimento de diversificação, Soares contou que a Brasilprev trabalha com o conceito de “carteiras sugeridas” de acordo com o perfil de cada investidor. “Temos diferentes fundos de previdência, e o cliente pode compor sua carteira com renda fixa, multimercados ou dividendos [ações]”, detalhou.

Em termos de rentabilidade, dados da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima) mostram que nos últimos 12 meses até 18 de abril, os fundos de previdência renda fixa renderam 8,85%; seguido pelos planos multimercados com 10,06%, e a previdência ações com ganhos de 32,17%. “É um investimento para o longo prazo”, diz Hoffmann.

Na visão do CEO da plataforma (fintech) Ciclic, Raphael Swierczynski, existe uma demanda por produtos de previdência privada que não foi completamente atendida. “Fizemos um estudo de mercado e existe uma demanda real da maioria da população. E é muito provável que a reforma [das aposentadorias públicas] volte a pauta no próximo governo”, disse o executivo.

Segundo o estudo da Ciclic, mais de 90% da população se enquadra no VGBL. “Mas há muito interesse pelo PGBL no mês de dezembro, por causa do IR”, diz Swierczynski.

Dicas na declaração

A diretora de Vida, Previdência e Investimentos da Porto Seguro, Fernanda Pasquarelli, diz que uma pessoa que tenha um rendimento de R$ 3 mil por mês e aplica 5% desse valor em um plano PGBL, teria investido ao longo do ano R$ 1,8 mil, já dedutível do IR. “No entanto, para aproveitar melhor o incentivo, até o final do ano ela pode ainda fazer um aporte extra de R$ 2.520,00 e, assim, deduzir um total de R$ 4.320,00 no seu imposto [12% da sua renda bruta anual]. Isso pode gerar mais economia com o IR”, exemplificou a diretora.

A Brasilprev avisa que o prazo final para a declaração de ajuste anual do imposto de renda da pessoa física (IRPF) vai até 30 de abril. “Este plano [PGBL] deve ser mencionado na ficha de Pagamentos e Doações Efetuadas, código 36, da declaração de ajuste anual do IR”, orienta. “Quem possui um VGBL deve informar o montante de contribuições feitas até o final do ano base na ficha de Relação de Bens e Direitos, pelo código 97”, recomenda.

Fonte: DCI por Ernani Fagundes • São Paulo
logotipo zepol