União Seguradora - 55+ (51) 3061-9606

notícias

10 abr Balanço 2018 do Segurador Brasil
10 abr Quanto custa um seguro de vida?
10 abr IPCA fica em 0,09% em março e atinge menor resultado para o mês desde 1994, revela IBGE
9 abr Regulação de insurtechs pode demorar 3 anos
9 abr Abertura é a saída para o País
9 abr Mercado vê inflação menor e reduz previsão para alta do PIB em 2018
9 abr Taxas futuras de juros oscilam perto da estabilidade, após subirem com dólar
6 abr Planejamento para a aposentadoria ? uma necessidade para o trabalhador
6 abr Evento debate tecnologia no mercado de seguros
6 abr Demanda por bens industriais recuou 1,6% em fevereiro ante janeiro, diz Ipea
6 abr Bovespa cai com exterior pesado e cautela política no Brasil
6 abr PetroRio anunciou investimento de cerca de US$ 50 milhões no Campo de Polvo
5 abr Mercado de seguros propõe ajustes à nova Lei de Licitações
5 abr China impõe tarifas sobre 106 produtos americanos no valor de US$ 50 bi
5 abr Brasil é um dos vencedores com retaliação da China em guerra comercial
5 abr Representantes do mercado de seguros propõem ajustes na nova Lei de Licitações
3 abr Setor de seguros mantém otimismo e índice de confiança cresce em março
3 abr Ouro sobe com busca por ativos considerados seguros em meio a aversão ao risco
3 abr Em meio à crise, bancos são campeões de lucro: R$ 63 bi em 2017
3 abr Avanços na economia ficarão mais claros com o tempo, diz Meirelles
2 abr Mercado prevê inflação menor e juros mais baixos em 2018
2 abr Duas surpresas e uma frustração na economia
2 abr Mercado vê inflação mais baixa e crescimento menor do PIB em 2018
2 abr Mercado de US$ 421 bilhões pede atenção das empresas: tecnologia precisa estar na estratégia
29 mar Mulheres crescem em mercados majoritariamente masculinos
29 mar Índice de Intenção de Financiamento cresceu no trimestre
29 mar Conheça mais sobre o novo conceito de aposentado do INSS em 2018
29 mar Proporção de aplicadores que declararam investir em ações atingiu o maior valor desde junho de 2012
27 mar Presidente da CNseg explica o que são as reservas técnicas do setor segurador
27 mar Dívida pública sobe 1,53% em fevereiro e chega a R$ 3,58 trilhões
27 mar Planejador ou educador financeiro: qual contratar?
27 mar Seguro de Vida é tema de discussão em evento no CVG-SP
26 mar Como declarar INSS e previdência privada no Imposto de Renda 2018
26 mar Liminar suspende novas regras sobre local de incidência do ISS
26 mar Você está preparado? Veja o impacto da transformação digital no mercado de trabalho
23 mar União Seguradora dá prêmio de capitalização
28 fev Recadastramento das corretoras de seguros Pessoa Jurídica tem início nesta quinta, 1º de março; SINCOR-GO oferece apoio gratuito a corretoras associadas
28 fev Seguro customizado é tendência no mercado brasileiro
28 fev Seguradora Líder fala sobre modelo de centralização
1 fev Seguradoras sobem 3% e renovam máxima histórica; siderúrgicas estendem rali e Petrobras avança com petróleo
1 fev Seguradoras despontam como o setor mais propenso a mudar o relacionamento com os fornecedores neste ano
1 fev Presidente da Aconseg-RJ vê 2018 com confiança
1 fev Congresso de Corretores de Seguros do Sul do Brasil - BRASESUL/2018
22 dez Gaspar Luiz Machado, 60 anos dedicados ao Mercado Segurador
30 nov Grupo Aspecir apoia o Festival Hípico Noturno
10 nov Urbim, uma vida dedicada ao Mercado Segurador
30 out Eventos marcam os 500 anos da Reforma Luterana em Porto Alegre e Santa Rosa
30 out Troféu JRS - 15 anos
19 out Dia Mundial de Combate ao Câncer de Mama
2 out Destaques do Mercado de Seguros de Vida e Previdência
22 set Susep vai regulamentar seguro funeral
22 set Especialista em educação financeira dá dicas para quem deseja se aposentar
21 set Setor de seguros supera R$ 1 tri e pode trazer novo ciclo, afirma presidente da CNseg
19 set José Cairoli, governador do RS em exercício, prestigia ação do Grupo Aspecir, no Acampamento Farroupilha
11 set Produção de seguros sobe 0,6% até junho em termos homólogos - ASF
4 set Troca de previdência privada ganha força com reforma na aposentadoria
29 ago O mercado está pronto para absorver seguros?
29 ago Sincor-SP ressalta importância dos seguros de vida e previdência para população e o mercado
29 ago Pansera: Corretor, chegou a hora do recadastramento
29 ago Brasília: um mercado de oportunidades para o ramo de seguros
20 jul Planos de previdência são opção para futuro estável
19 jul Aspecir completa 80 anos de história
18 jul Aspecir 80 anos
9 jan União Seguradora e parcerias
6 set Índice de Confiança do Setor de Seguros tem alta de 62,2% no ano
6 set Entenda o que são fundos de pensão
6 set Mercado de seguros de Pessoas movimenta R$ 15 bilhões no 1° semestre
6 set Cresce a procura por planos de previdência privada no Brasil
15 jul ASPECIR comemora 79 anos
13 jul Indenizações pagas por seguros crescem 12%
13 jul Aplicações em previdência privada aberta cresceram 12,64% em maio
13 jul Aprovada MP que libera uso do 'FGTS' na garantia de empréstimo consignado
11 jul COMO FUNCIONA O MICROCRÉDITO
8 jul Mercado de seguros de pessoas movimenta R$ 2,65 bilhões em maio
25 mai Seguro de pessoas cresce 2,44% no 1º tri e totaliza R$ 7,13 bi, diz FenaPrevi
25 mai Captação da previdência privada atinge R$ 21,5 bi no 1º tri, diz FenaPrevi
27/03/2018

Seguro de Vida é tema de discussão em evento no CVG-SP


Entidade reuniu gestores para discutir os desafios dos seguros de Pessoas

Há uma certa expectativa em relação ao seguro de Vida. Em 2017, pela primeira vez, o prêmio total dos seguros de vida avançou 10,8%, ultrapassando, o segmento de automóvel, que teve um crescimento de 6,7%, segundo dados da Susep. A arrecadação do segmento foi de R$ 13,69 bilhões, um crescimento de 4,48% em comparação com 2016.

Para pensar o potencial da carteira - estudo da Universidade Oxford em 2017 mostrou que apenas 19% dos brasileiros têm seguro de vida - o Clube de Vida em Grupo de São Paulo (CVG-SP), com base nisto, reuniu gestores de produtos e corretores para discutir os desafios dos seguros de Pessoas.

O encontro aconteceu nessa quarta-feira, dia 22, no auditório do Sindseg-SP, em São Paulo, e contou com a participação aproximada de 70 profissionais. Marcos Kobayashi, diretor de Relações com o Mercado do CVG-SP, e coordenador do evento, conduziu a abertura apresentando os debatedores e o mediador do evento, o jornalista Paulo Alexandre.

O workshop foi elaborado por Tiago Moraes, diretor de Seguros do CVG-SP e representante da Tokio Marine, que também integrou a mesa. Junto com ele estiveram Cristina Vieira, gerente de Produtos de Vida e Previdência na Porto Seguro; Luciana Bastos, diretora de Produtos Vida da Icatu Seguros e Marcelo Rosseti, superintendente executivo da Bradesco Vida e Previdência.

Abrindo os trabalhos, os participantes discorreram sobre como melhorar a rentabilidade do Vida em Grupo. Para Cristina Vieira esse é o grande desafio já que o Vida em Grupo tem sinistralidade maior. Segundo ela, o mercado ainda está voltado para preços e não benefícios. "É algo que podemos evoluir. Temos uma série de atrativos que podem ser agregados nos produtos para que o cliente escolha pelos benefícios e não apenas pelo preço. É preciso trabalhar a mentalidade do cliente", disse.

Luciana Bastos lembrou que se houver redução no custo administrativo, será possível ganhar no preço. "Temos discutido sobre isso; mas é preciso que seja um debate constante. Se traz valor, haverá demanda", alertou.
Já o representante da Bradesco Vida e Previdência, diz que a melhora do resultado depende dos atores. "A seguradora precisa ter eficiência operacional (processos e redução do custo administrativo); a subscrição também ganha em escala e pode refletir em preço e resultado", disse ele. Para ele, o desafio é levar inovação nos produtos.

Tiago Moraes concordou e reforçou que a inovação de produtos é fundamental para sair da guerra de preços. "O mercado de seguros coletivos está chegando em um momento delicado. Boa parte das companhias não está obtendo resultados com esse produto. Precisamos pensar em como rentabilizar ele melhor para devolver para sociedade", alertou. Ele ainda acrescentou que é preciso entregar ao consumidor a melhor experiência com seguro de Vida. "O que faz o mercado crescer não é vender mais, é rentabilizar mais pois assim poderemos investir mais", disse.

Ele revelou que também é importante orientar o corretor de seguros a vender mais Benefício. "Muitos sinistros são encerrados por falta de documentação. É preciso rentabilizar compartilhando informação. Precisamos nos despir de vaidade e pensar o que podemos deixar de melhor para o mercado", reforçou Tiago. Para ele, o seguro de Vida tem função social e ainda pode ser melhorado.

A plateia participou com perguntas feitas presencialmente. Pela primeira vez, também foi possível enviar perguntar pelo WhatsApp (o CVG-SP está usando essa ferramenta de comunicação) e também pela página da entidade no Facebook.

Ao falar do evento, Tiago Moraes, avaliou como positiva a participação do público. "Estamos felizes com a participação e estamos preparando uma pauta de novos eventos para falar de outros produtos dentro do seguro de Pessoas que possam agregar valor às discussões do mercado", afirmou.
 
logotipo zepol