União Seguradora - 55+ (51) 3061-9606

notícias

18 jun Joaquim Mendanha apresenta ações e próximos passos da Susep
18 jun Os cuidados ao inserir a cobertura para o seguro de um evento
18 jun Confira a relação do Seguro DPVAT com o mutualismo
18 jun Receita da capitalização cresce 8,1% em quatro meses
15 jun Perspectivas para o mercado de seguros no Brasil
15 jun Normas de contabilidade trazem grande desafio para o setor de seguros
15 jun STJ discute se natureza salarial de hora extra leva a recálculo da aposentadoria
15 jun CVG-SP participa do IX Fórum Nacional de Seguro de Vida e Previdência Privada
4 jun Conseg: todos os olhares voltam-se para o Nordeste
4 jun Presidente da Fenacor diz que Mendanha trouxe avanços frente à Susep
4 jun CNseg realiza pesquisa para atualizar os temas que constarão no próximo Relatório de Sustentabilidade
4 jun Posse da nova diretoria da Fenacor acontece no 3º Consegne
1 jun 500 reais por mês em dez anos viram quase 100 mil na previdência
1 jun Startup brasileira ganha apoio da UNICEF e promete revolucionar setor de seguros com blockchain
1 jun Evento discute a transformação digital do seguro por meio das insurtechs
1 jun PARALISAÇÃO DOS CAMINHONEIROS IMPACTO ECONÔMICO
28 mai Susep estabelece novas regras para o seguro de RC de automóveis
28 mai Seguros e educação financeira estão diretamente ligados
28 mai Agenda SINDSEGRS junho e julho de 2018
28 mai Produção de seguros em Portugal cresceu 6% no primeiro trimestre
23 mai 41% dos poupadores sacaram parte de suas reservas em março, revela indicador do SPC Brasil e CNDL
23 mai A hora do crédito com duplicatas
23 mai Corretores de seguros poderão comercializar produtos do nicho que deverá ser fiscalizado pela Susep
23 mai Maio Amarelo: como o Japão reduziu 80% das mortes no trânsito
21 mai Benefícios sucessórios dos planos de previdência privada
21 mai Crescimento puxado pelo investimento
18 mai Seguro prestamista cresce 21% no primeiro trimestre
18 mai ANSP e AIDA discutem relação entre seguros e educação financeira
18 mai O futuro do dinheiro na banca e nos seguros
18 mai Construindo a agenda de sustentabilidade na América Latina reúne lideranças do mercado
16 mai Sete informações que você precisa saber sobre previdência privada
16 mai Susep criou comissão para analisar o futuro do DPVAT
16 mai Funcesp tem nova diretora de previdência
16 mai SP-PREVCOM promove evento de educação financeira
14 mai Como formar um colchão financeiro quando se é autônomo
14 mai Previdência é mais que aposentadoria
14 mai Reserva para cuidar da saúde
14 mai Disparada do dólar encarece dívidas de empresas no exterior em R$ 115 bilhões
9 mai Os seguros de vida com o melhor custo-benefício, segundo a Proteste
9 mai Previdência Privada. Complementação de aposentadoria. Auxílio cesta-alimentação
9 mai Com medo da aposentadoria? Tire 6 dúvidas sobre previdência privada
9 mai Portabilidade é melhor do que resgate
2 mai Através de dados estatísticos, a Seguradora Líder contribui para melhorar o trânsito
2 mai Estudo técnico sobre PL do Seguro chega ao Senado Federal
2 mai Uma agenda previdenciária para o debate eleitoral
2 mai Mercado de Seguros traz excelente retorno aos investidores
30 abr Valor publica especial sobre Longevidade
30 abr Susep divulga seu Plano de Regulação 2018
30 abr Ministério da Fazenda descarta privatização do seguro de acidente de trabalho
30 abr Dívida pública sobe 1,51% e fecha março em R$ 3,6 trilhões
27 abr Seguro empresarial deve ser encarado como investimento
27 abr Startup cria sistema de avaliação de corretores de seguros pelos clientes
27 abr Conheça os canais oficiais do Seguro DPVAT
27 abr Artigo: cinco formas de organizar o orçamento e guardar dinheiro
25 abr Alta cobrança do IRPF ajuda aporte em PGBL
25 abr Números do primeiro trimestre de 2018 injetam mais otimismo no mercado de seguros
25 abr Corretores de seguros aprovam prestação de contas do Sincor-SP
25 abr Como os milionários planejam a sucessão patrimonial para pagar menos impostos
20 abr Senado aprova Refis para optantes do Simples Nacional
20 abr Segurança das empresas brasileiras é falha
20 abr Construindo a Agenda de Sustentabilidade em Seguros na América Latina
20 abr Conscientização do brasileiro sobre seguros e previdência
18 abr Seguros para indústria estendem proteção de empresa para funcionários
18 abr Consumidores preferem canais tradicionais para aquisição de seguros
18 abr Provedora de dados e analytics investe no mercado brasileiro de seguros
18 abr Corretor deve ficar atento a detalhes na previdência privada
16 abr CSP-MG e entidades de mercado recebem superintendente da Susep
16 abr Risco empresarial será destaque no mercado
16 abr Mercado baixa expectativa de inflação e de alta do PIB em 2018
16 abr Bovespa ronda a estabilidade em manhã de vencimento de opções
10 abr A Herança e o Seguro de Pessoas
10 abr Balanço 2018 do Segurador Brasil
10 abr Quanto custa um seguro de vida?
10 abr IPCA fica em 0,09% em março e atinge menor resultado para o mês desde 1994, revela IBGE
9 abr Regulação de insurtechs pode demorar 3 anos
9 abr Abertura é a saída para o País
9 abr Mercado vê inflação menor e reduz previsão para alta do PIB em 2018
9 abr Taxas futuras de juros oscilam perto da estabilidade, após subirem com dólar
6 abr Planejamento para a aposentadoria ? uma necessidade para o trabalhador
6 abr Evento debate tecnologia no mercado de seguros
6 abr Demanda por bens industriais recuou 1,6% em fevereiro ante janeiro, diz Ipea
6 abr Bovespa cai com exterior pesado e cautela política no Brasil
6 abr PetroRio anunciou investimento de cerca de US$ 50 milhões no Campo de Polvo
5 abr Mercado de seguros propõe ajustes à nova Lei de Licitações
5 abr China impõe tarifas sobre 106 produtos americanos no valor de US$ 50 bi
5 abr Brasil é um dos vencedores com retaliação da China em guerra comercial
5 abr Representantes do mercado de seguros propõem ajustes na nova Lei de Licitações
3 abr Setor de seguros mantém otimismo e índice de confiança cresce em março
3 abr Ouro sobe com busca por ativos considerados seguros em meio a aversão ao risco
3 abr Em meio à crise, bancos são campeões de lucro: R$ 63 bi em 2017
3 abr Avanços na economia ficarão mais claros com o tempo, diz Meirelles
2 abr Mercado prevê inflação menor e juros mais baixos em 2018
2 abr Duas surpresas e uma frustração na economia
2 abr Mercado vê inflação mais baixa e crescimento menor do PIB em 2018
2 abr Mercado de US$ 421 bilhões pede atenção das empresas: tecnologia precisa estar na estratégia
29 mar Mulheres crescem em mercados majoritariamente masculinos
29 mar Índice de Intenção de Financiamento cresceu no trimestre
29 mar Conheça mais sobre o novo conceito de aposentado do INSS em 2018
29 mar Proporção de aplicadores que declararam investir em ações atingiu o maior valor desde junho de 2012
27 mar Presidente da CNseg explica o que são as reservas técnicas do setor segurador
27 mar Dívida pública sobe 1,53% em fevereiro e chega a R$ 3,58 trilhões
27 mar Planejador ou educador financeiro: qual contratar?
27 mar Seguro de Vida é tema de discussão em evento no CVG-SP
26 mar Como declarar INSS e previdência privada no Imposto de Renda 2018
26 mar Liminar suspende novas regras sobre local de incidência do ISS
26 mar Você está preparado? Veja o impacto da transformação digital no mercado de trabalho
23 mar União Seguradora dá prêmio de capitalização
28 fev Recadastramento das corretoras de seguros Pessoa Jurídica tem início nesta quinta, 1º de março; SINCOR-GO oferece apoio gratuito a corretoras associadas
28 fev Seguro customizado é tendência no mercado brasileiro
28 fev Seguradora Líder fala sobre modelo de centralização
1 fev Seguradoras sobem 3% e renovam máxima histórica; siderúrgicas estendem rali e Petrobras avança com petróleo
1 fev Seguradoras despontam como o setor mais propenso a mudar o relacionamento com os fornecedores neste ano
01/06/2018

Evento discute a transformação digital do seguro por meio das insurtechs


Reunidos pela APTS e ENS, especialistas analisaram as mudanças na operação de seguro e na relação com os clientes a partir de soluções inovadoras oferecidas por startups.

Em uma manhã atípica na cidade de São Paulo, com os reflexos da greve dos caminhoneiros, a APTS e a Escola Nacional de Seguros reuniram mais de cem pessoas para discutir o tema Insurtechs. O evento realizado no dia 28 de maio, no auditório da ENS, apresentou um panorama das insurtechs no país, discutiu as mudanças na operação de seguros e na relação com clientes e expôs cases de startups que criaram soluções inéditas para o setor com o uso de tecnologias sofisticadas.

“A evolução tecnológica é muito rápida e, às vezes, difícil de acompanhar. O tema desse evento é atual e muito oportuno, inclusive, para atualizar nossos alunos em relação a essas mudanças”, disse a diretora de Ensino Técnico da ENS, Maria Helena Monteiro, Já o presidente da APTS, Osmar Bertacini, comemorou a parceria com a ENS. “Ambas as entidades têm em comum o objetivo de disseminar o conhecimento de seguro”, disse.

Aceleração e sustentabilidade

De acordo com o representante da Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (câmara-e.net), Caetano Altieri, existem, atualmente, mais de 1,5 mil insurtechs em todo o mundo, que já movimentaram US$ 19 bilhões, a maioria (32%) concentrada no e-commerce e plataformas sob demanda. No Brasil, as insurtechs são mais recentes, mas já somam 78 startups em operação, segundo mapeamento da câmara-e.net. Deste grupo, 40% atuam no segmento de produtos, 28% em data e analytics e 12% na jornada do usuário. De acordo com Altieri, a câmara-e.net agora integra o grupo de trabalho da Susep na área de insurtechs e pretende oferecer subsídios para a regulamentação do segmento. “Vamos construir uma proposta de valor para apoiar as insurtechs”, disse.

O jornalista Antonio Carlos Teixeira, assessor Executivo Estratégico de Comunicação para Negócios de InsurTech e editor do blog Terra Gaia, abordou o tema sob o aspecto da sustentabilidade. Ele comentou o crescimento do uso de tecnologias e inovações no seguro, considerando a predileção das novas gerações pela cultura mobile. “O resultado é a integração do negócio do seguro ao modo de viver, de pensar e de agir do novo consumidor cliente-segurado, que já nasceu conectado”, disse. Em sua opinião, o setor deve se preocupar em suprir as novas necessidades de segurados (atuais e futuros); entender o pensamento e cultura das novas gerações, identificando novos riscos e coberturas.

Maurício Martinez, da Oxigênio Aceleradora, empresa do Grupo Porto Seguro, explicou que o perfil de startup é o de empresa jovem que trabalha com modelo repetitivo e de alta escala. “Três jovens com uma ideia genial se juntam, criam um aplicativo e começam a vender pela internet. Mas, o que eles podem fazer para aumentar os negócios? Procurar uma aceleradora”, disse. Na Oxigênio, por exemplo, depois de um concorrido processo de s e l e ç ã o, as startups escolhidas passam por uma espécie de anamnese para identificar seus problemas e, durante três meses, recebem orientação de uma rede de mentores, além de treinamento e capacitação. A empresa investe cerca de R$ 200 mil, em média, em cada startup e estabelece, posteriormente, um percentual de participação nos negócios.

Dentre as empresas aceleradas, ele citou B.Time, que desenvolveu um aplicativo para a gestão de campo, que permite monitorar todas as etapas do serviço (local, horário, assinatura do cliente no comprovante etc.). Outro exemplo é da PsicologiaViva, uma rede com 2,5 mil psicólogas que oferece atendimento por telefone e vídeo. “Um sinistro sério pode abalar o cliente e, às vezes, uma conversa com uma psicológica já ajuda”, disse. Segundo ele, um dos objetivos da Porto Seguro com a sua aceleradora é aumentar as chances da empresa de capturar as oportunidades. “Porque acreditamos que aí está a inovação”, afirmou.

Cases de insurtechs

A preferência da população brasileira pelos dispositivos móveis – atualmente, existem 306 milhões em uso, dos quais 220 milhões smartphones – levou a insurtech Planetun a desenvolver soluções disruptivas para o setor de seguros com base na mobilidade. De acordo com o sócio fundador, Henrique Mazieiro, a empresa criou aplicativo para seguradoras, em que o próprio segurado pode realizar a vistoria prévia do seu automóvel, enviando as imagens pelo smartphone. Com base na mesma tecnologia, a empresa também desenvolveu aplicativos para oficinas mecânicas e para inspeção residencial. “Queremos transformar a experiência do usuário”, disse.

A ideia é simples: seguro por assinatura, nos moldes de outros serviços disruptivos, como a Netflix e Spotify. Mas, executada com tecnologias sofisticadas, como machine learning e big data. A Kakau Seguros, insurtech 100% digital, estreou no mercado no ano passado com o seguro residencial por assinatura, em que o segurado pode pausar a qualquer momento a sua apólice. Por meio da plataforma digital, o segurado pode adquirir o seguro ou comunicar o sinistro, com a ajuda da assistente virtual Anna, um robô que utiliza inteligência artificial e está programado para aprender a cada nova operação realizada. “Ninguém fica na porta de uma seguradora, esperando por um novo produto, como fazem os usuários da Apple. Mas esse é o cenário de evolução tecnológica que queremos trazer para o seguro”, disse Henrique Volpi, CEO da Kakau.

Experiente profissional da área de seguros de vida e previdência, Keyton Pedreira conta que criou a insurtech Segurize, juntamente com outros sócios, para estimular a distribuição de seguros. Seu foco foi o microsseguro, produto de baixo tíquete, que acabou inviabilizado pelos custos dos canais de distribuição. A partir de modelos de negócios disruptivos, como Uber e AirBnb, ele teve a ideia de trazer esse conceito para o seguro. Para tanto, constituiu a Segurize como corretora de seguros e criou o que classifica de quinto canal: os insurance influencers. Segundo Keyton, por meio do uso de aplicativo, as pessoas que indicarem seguro para outras, serão remuneradas caso o negócio seja concretizado. “O modelo é o da indicação, mas o negócio é fechado pela Segurize corretora”, explicou.

Novos eventos

Após o painel de debates, o presidente Bertacini e o diretor Evaldir agradeceram o trabalho do diretor Luiz Macoto Sakamoto e da jornalista Márcia Alves na execução do evento, além da parceria da ENS. “Vimos hoje que um evento apenas não encerra a discussão sobre as tecnologias disruptivas. Por isso, a APTS e a ENS realizarão uma série de eventos mensais e gratuitos para disseminar o conhecimento sobre o assunto para todos os profissionais do mercado. O próximo será realizado no dia 27 de junho, aqui neste auditório, e discutirá a Internet das Coisas”, comunicou Evaldir.

Fonte: SEGS por Marcia Alves
logotipo zepol