União Seguradora - 55+ (51) 3061-9606

notícias

12 jun Grupo Aspecir em Belo Horizonte
7 jun Presidente do Grupo Aspecir recebe Comenda Metropolitana
7 jun União Seguradora entrega prêmio
5 jun Uso da tecnologia traz benefícios para o mercado de seguros
5 jun Susep alerta Corretor sobre Riscos Excluídos
5 jun Instituições financeiras podem explorar sistemas bancários integrados para oferecer serviços digitais seguros, diz Unisys
5 jun A Importância da Importância do Corretor de Seguros
24 mai No mês da conscientização no trânsito, confira dicas para evitar acidentes
24 mai Entenda como funciona a previdência complementar no Brasil
24 mai Setor tem números positivos até março de 2019 e provisões técnicas avançam 10%
24 mai Susep nomeia diretores
20 mai Combate a fraude no Seguro DPVAT
20 mai Previdência privada: reservas atingem R$ 857 bilhões
20 mai Previdência aberta terá R$ 1 trilhão em patrimônio até o final deste ano
20 mai Empresas com investimentos represados
17 mai Diretor comercial do Grupo MBM assume mandato na FenaPrevi
17 mai Setor de seguros brasileiro vê explosão de startups
17 mai Seguro contra inadimplência tem alta de 25,5% no primeiro trimestre do ano
17 mai Como criar aplicativos 100% seguros?
15 mai ?A empresa onde trabalho tem plano de previdência privada com coparticipação. Vale a pena??
15 mai Maio Amarelo: conheça a campanha nacional de 2019
15 mai China vai abrir ainda mais os setores bancários e de seguros
15 mai Nova norma para insurtechs deve sair em 30 dias, diz Solange Vieira, da Susep
3 mai Insurance, conheça todos os detalhes sobre os seguros
3 mai Seguradora Líder promove encontro com Sindicatos das Seguradoras de todo o Brasil
3 mai Mitos e verdades sobre a previdência privada
3 mai Previc e Susep apresentam propostas para fusão das reguladoras de previdência
26 abr Levy diz que reforma pode favorecer investimentos em infraestrutura
26 abr Reforma aumenta a procura por previdência privada no Vale do Paraíba
26 abr Reforma da Previdência reduz subsídios para ricos, diz secretário
24 abr Cotação Premiada de Páscoa
23 abr Previdência com seguro?
23 abr IR 2019: Seguro obrigatório de carro DPVAT é isento, mas deve ser informado
23 abr Aproveite a segunda-feira para investir e planejar seu futuro
23 abr Ramo de pessoas deve impulsionar crescimento do mercado de seguros em 2019
18 abr Plano de previdência privada é impenhorável, decide TRT-2
18 abr Tem previdência privada? Saiba como declarar valores no Imposto de Renda
18 abr Procura por seguros cresce no primeiro trimestre e demonstra preocupação do brasileiro com a insegurança
18 abr Crescimento do seguro de vida no setor audiovisual
15 abr Executivos explicam segredo para crescimento de 171,19% da União Seguradora
12 abr Volta à Câmara projeto que exige de corretor de seguros habilitação da Susep
12 abr Uma providência para a previdência privada
12 abr Você conhece os benefícios de investir em uma previdência privada?
12 abr O acordão da Previdência
10 abr Relatório Anual 2018 da Seguradora Líder é destaque na mídia
10 abr Seguro de vida: STJ afirma que seguradoras devem provar má-fé de seus clientes para recusar benefício
10 abr Aposentadoria Privada x Aposentadoria Pública: Qual escolher?
10 abr Minoria poupa ou tem investimento para a velhice, aponta Datafolha - Folha de S. Paulo
8 abr Seguradora Líder promove treinamentos e encontros com foco no atendimento aos beneficiários do Seguro DPVAT
8 abr O seguro é mais seguro
8 abr Diretores da Susep são exonerados
8 abr Lei de proteção de dados para o mercado de seguros
5 abr Os benefícios de investir em uma previdência privada
5 abr Mercado cresceu 4,4% no primeiro bimestre
5 abr Indenização do seguro precisa ser declarada no imposto de renda
5 abr Superintendente da Susep diz que mercado é ?gigante?
4 abr União Seguradora prestigia lançamento do Seguro Viagem da Lato Seguros
2 abr População com mais de 60 cresce e movimenta cerca de R$ 1 trilhão
2 abr Valor publica especial sobre Previdência Aberta
2 abr SUSEP divulga novas regras para segmento de seguro
2 abr Você conhece os benefícios de investir em uma previdência privada?
18 mar Pesquisa diz que 56% dos brasileiros vão contar apenas com o INSS
18 mar Como começar a investir em uma renda variável?
18 mar Devo ficar no plano corporativo de previdência após demissão?
18 mar IFRS 17 promove transformação no segmento de seguros
13 mar Seguro de vida é plano de risco que mais cresce em razão da violência
13 mar Previdência privada perdeu 224 mil participantes
13 mar Empresários projetam ano com avanço lento em encontro no Marcas de Quem Decide
13 mar Previdência privada é opção para quem planeja bem o futuro
8 fev As principais tendências e expectativas de crescimento do mercado de seguros para 2019
8 fev Planejamento da aposentadoria: muito além da reforma
8 fev Mercado de seguros tem lucro de R$ 14,7 bilhões
8 fev Proposta da previdência concede aposentadoria básica de até 700 reais para todas as pessoas
6 fev Como garantir seu futuro investindo na previdência privada?
6 fev Com reforma da Previdência como prioridade, governo adia promessas
6 fev Nove a cada dez brasileiros aposentados dependem do INSS pra sobreviver
6 fev Proposta para a Previdência prevê aposentadoria integral para servidor só aos 65 anos
4 fev Mercado livre de energia busca crescimento
4 fev Começa a contagem regressiva para declarar Imposto de Renda
4 fev Reforma da Previdência: por que 4 países da América Latina revisam modelo de capitalização, prometido por Guedes ...
4 fev Mercado reduz expectativa de alta do IPCA para 2019
4 fev Bolsas da Europa fecham sem sinal único, em dia de foco em empresas
1 fev Funpresp: qual a melhor decisão?
1 fev Imposto de Renda 2019: O leão está chegando!
1 fev O custo da herança: seguro de vida auxilia herdeiros a pagarem despesas para ter acesso ao dinheiro
1 fev Corretor de Seguros deve ficar atento em algumas situações para não ser punido
23 jan Seguros podem ser a ?Tábua de Salvação? em questões de saúde
23 jan Susep preparada para novo Brasil
23 jan Conheça algumas razões para contratar um seguro de vida
21 jan Planejamento pra garantir o futuro
21 jan Capitalização
21 jan Você está preparado para a reforma da Previdência?
21 jan 'Aposentadoria como conhecemos hoje vai desaparecer', diz economista
18 jan Menores de idade podem ter seguro de vida? Especialista explica
18 jan Planejamento financeiro para 2019: por onde começar?
18 jan Evolução Digital x Transformação Digital: Qual é a diferença?
18 jan IR 2019: Reúna agora os papéis e tenha chance de receber restituição antes ...
18 jan Menores de idade podem ter seguro de vida? Especialista explica
14 jan O abandono da ideia de fundir Susep e Previc
14 jan Ciência, tecnologia e seguros são novidades em 2019
14 jan Calendário de pagamento do Seguro DPVAT já está disponível na internet
19/10/2018

Em 10 anos, Rio Grande do Sul terá mais idosos do que crianças


O leitor, provavelmente, lembra, ainda dos seus tempos de estudante, nas aulas de geografia do Ensino Médio, das pirâmides etárias. Aqueles gráficos, criados para representar a distribuição etária da população ao longo de décadas, mostram um cenário atual e uma projeção futura. No caso do Brasil, a base da pirâmide costumava ser larga, e o topo, estreito. Ou seja, até pouco tempo atrás, o número de indivíduos jovens superava, em muito, o de idosos. As projeções para o decorrer do século XXI, muitas vezes associadas aos países mais ricos, por outro lado, indicavam uma tendência de envelhecimento da população, com o topo alargando, e a base ficando cada vez mais estreita. Aquilo que era projeção, agora, é realidade. Não apenas em nações com um estado de bem-estar social mais avançado, mas também no Brasil. Vivemos, nas primeiras décadas deste século, um momento crucial de transição entre as duas pirâmides etárias. Caminhamos, portanto, a passos largos, para um cenário de envelhecimento da população. Hoje, a faixa etária acima de 65 anos é composta por 19,2 milhões de pessoas, pouco mais de 9% do total de brasileiros. Em 2060, segundo dados da Projeção de População, pesquisa que estima os padrões de crescimento da população, revisada em 2018 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), um quarto (25,5%) dos brasileiros terá mais de 65 anos. Até pode parecer um horizonte distante se pensarmos apenas em 2060. Mas basta olhar para o cenário gaúcho para ver o imediatismo da situação. O Rio Grande do Sul vai ser o primeiro estado brasileiro a ter mais idosos do que crianças em sua população. E a reversão vai acontecer logo: daqui a pouco mais de 10 anos, em 2029. Isso porque os gaúchos já atingiram - e devem manter, nos próximos 40 anos - um patamar baixo de nascimentos, na casa de 1,68 filhos por mulher. Enquanto isso, em paralelo, a expectativa de vida não para de crescer. Hoje, é de 79,29 anos entre os gaúchos. Em 2060, será de 83,91. Consequentemente, aumenta a proporção de idosos em relação aos jovens. Embora a principal discussão em torno da transição demográfica seja pautada pela necessidade de uma reforma na Previdência Social, o contexto de envelhecimento traz à tona uma série de questionamentos ao Brasil: por que estamos vivendo mais? Como estamos tratando a população mais velha? Quais são as necessidades sociais e médicas dessa faixa da população? E quais os segredos de quem passou dos 90 anos? "A medicina e a sociedade precisam se adaptar a essa nova realidade", ressalta o professor titular da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs) Gilberto Schwartsmann.
 
Controle de doenças cardiovasculares, dieta e exercício físico favorecem vida longa São várias as explicações, por exemplo, para a diminuição da fecundidade: o avanço dos métodos contraceptivos, o planejamento familiar, a entrada das mulheres no mercado de trabalho e o processo de urbanização. Mas o questionamento mais intrigante, quando pensamos no envelhecimento proporcional da população, não é por que estamos tendo menos filhos, mas, sem dúvida, por que estamos vivendo mais? A lista de motivos é extensa. É consenso que ações tomadas no século XX têm resultado prático até hoje. Por exemplo, melhorias estruturais em saneamento e higiene, além de políticas públicas de vacinação em larga escala, foram fundamentais para vivermos cada vez mais. Além disso, nas últimas décadas, alguns avanços da medicina também impactaram positivamente. Nesse sentido, o professor titular da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs) Gilberto Schwartsmann e o médico cardiologista Fernando Lucchese destacam a contribuição da redução da mortalidade por causas cardiovasculares no aumento da expectativa de vida. "As pessoas estão medindo mais a pressão arterial, o que aumenta o controle sobre problemas cardiovasculares. Também estão com mais informações sobre dieta, principalmente sobre os perigos do excesso de sal, criou-se uma cultura do exercício físico e do controle da obesidade, e há mais diagnóstico sobre a diabete", pontua Schwartsmann. "A compreensão dos fatores de risco da doença cardíaca aumentou a sobrevida dos corações. Os corações duram mais porque sabemos, por exemplo, a importância do exercício físico e do controle e correção do colesterol", completa Lucchese. Portanto, a prática de exercícios físicos, associada a uma atenção especial à dieta, é princípio básico caso o indivíduo queira ter uma vida longa. Outro fator decisivo - e no qual o Brasil se saiu bem nas últimas décadas - é o combate ao cigarro, responsável por doenças como câncer e enfisema pulmonar. A criação de leis proibitivas e de campanhas educacionais surtiu efeito. O Brasil experimentou uma redução drástica no número de fumantes: segundo o Ministério da Saúde, a incidência do hábito de fumar caiu 36% nos últimos 15 anos. Em 2016, quando a pesquisa foi publicada, apenas 10,2% dos adultos brasileiros fumavam.
 
Jornal do Comércio (https://www.jornaldocomercio.com/_conteudo/especiais/medicina_e_saude/2018/10/651920-em-10-anos-rio-grande-do-sul-tera-mais-idosos-do-que-criancas.html)
logotipo zepol