União Seguradora - 55+ (51) 3061-9606

notícias

13 ago Gestão da arrecadação tributária na Receita Municipal de Porto Alegre é destaque em evento na capital
13 ago As novas gerações têm os pés no chão!
13 ago Previdência privada é uma excelente opção para garantir melhor qualidade de vida no futuro
13 ago É preciso construir o hábito de poupar para a aposentadoria
8 ago GDPR provoca revolução na proteção de dados
8 ago O que Saber Antes de Contratar um Seguro de Vida?
8 ago Porto Alegre: Criação da Previdência Complementar é aprovada pelo plenário
8 ago Pais contribuem R$ 231 por mês em previdência para crianças e adolescentes
6 ago Procura por previdência privada em Minas tem alta de 11%
6 ago Herança: quem tem direito de ficar com o valor da previdência privada?
6 ago A grande mudança para um seguro mais honesto e mais justo
6 ago Previsões econômicas e instabilidade política preocupam setor de seguros
30 jul Brasileiros ainda têm o hábito de guardar dinheiro em casa
30 jul Quatro medidas para sua empresa se adequar à Lei Geral de Proteção de Dados
30 jul Seguradora Líder e o compromisso com a transparência
30 jul Seguros funeral, viagem e prestamista se destacam
26 jul Estabilidade e complemento de renda na aposentadoria
26 jul Líder mundial no setor de seguros escolhe Namirial como o novo padrão para Digital Transaction Management.
26 jul Seguradoras apostam em ações com o auxílio do WhatsApp
26 jul A Transformação Digital e os Seguros
23 jul Consulta ao INSS, agora, só com hora marcada ou via internet
23 jul Em 18 anos, poupança para os filhos pode passar dos R$ 185 mil
23 jul Investimento na previdência privada cresce 144% nos últimos 6 anos
23 jul Conheça as funções do planejador financeiro no Brasil
20 jul Sincor-Rs e Sulamérica promovem encontro em Porto Alegre
20 jul As principais seguradoras se lançam para subscrever riscos no espaço cripto
20 jul A APOSENTADORIA VAI GARANTIR O MESMO PADRÃO DE VIDA QUE TENHO HOJE?
20 jul Em vez de aplicar, 25% dos poupadores guardam dinheiro na própria casa
18 jul Você é o Melhor Amigo do Seu Dinheiro?
18 jul 3 tecnologias que estão revolucionando os seguros de vida
18 jul Previdência Privada Vale a Pena?
18 jul Seguro DPVAT: integração com sistema dos Correios reduzirá em 9 dias a regulação de sinistros
16 jul Segmento dos planos de previdência de associações deve dobrar em 2019
16 jul Previdência: o empresário e a aposentadoria pelo INSS
16 jul Presidente da SOMPO apresenta perspectivas para o futuro do mercado de seguros durante Brasesul 2018
16 jul Princípios do seguro e temas polêmicos no STJ em debate da ANSP
13 jul União Seguradora está no VI SEMAAT
13 jul Especialista explica porque os brasileiros não têm o hábito de poupar dinheiro
13 jul Novas regras nos seguros vão ser positivas para os consumidores
13 jul Seguro Prestamista teve crescimento de 25,1% nos cinco primeiros meses de 2018
11 jul Análise do Seguro do Brasil no Mundo
11 jul Seguros de pessoas crescem acima da média do mercado
11 jul Presidente da FenaPrevi participa do 5º Encontro do CSP-MG
11 jul Marco regulatório e melhor mercado imobiliário dão fôlego à capitalização
9 jul No Passo, São José-RS dá o troco no Linense e conquista acesso à Série C do Brasileirão 2019
9 jul Seguros e planos de saúde têm opções para as pequenas empresas
9 jul Seguradoras devem requalificar os colaboradores para aproveitar as oportunidades de crescimento provenientes da Inteligência Artificial
9 jul Inflação pelo IPC-S reduz alta na primeira semana de julho, divulga FGV
6 jul GFT adquire V-NEO, empresa canadense de Consultoria de TI para o segmento de seguros e Guidewire
6 jul Prêmios de seguro globais aumentaram 1,5% para cerca de US$ 5 trilhões em 2017
6 jul Susep indeferiu 20% dos processos de recadastramento
6 jul Almoço do SindSeg discute cenário do seguro no Rio Grande do Sul
3 jul Seguradora Líder apresenta propostas de aperfeiçoamento do Seguro DPVAT à SUSEP
3 jul Tenho 27 anos. Onde investir para ter uma vida financeira saudável?
3 jul Luiz Osório: Susep desagrada gregos e troianos
3 jul IPP sobe 2,33% em maio ante alta de 1,58% em abril, revela IBGE
29 jun Setor de seguros no Brasil já usa blockchain para diferentes aplicações
29 jun SUSEP: CNSP Aprova Novas Regras Para RCTR-C E Para Limites de Tábuas De Risco em Seguros de Pessoas e Previdência Complementar Aberta
29 jun Seguradora Líder lança cartilha ?Seguro DPVAT ? Legislação e Jurisprudência?
13/08/2018

Gestão da arrecadação tributária na Receita Municipal de Porto Alegre é destaque em evento na capital


O VI SEMAAT reuniu, ao longo da quarta e quinta-feira (08/08 e 09/08), 240 pessoas entre autoridades municipais, secretários da Fazenda e auditores-fiscais. O evento, promovido pela AIAMU com patrocínio do Instituto de Protesto RS, teve apoio na atividade da União Seguradora, Icatu Seguros, Afisvec, Sindifisco-RS, Corecon, SindicontaRS, CRCRS, Fenafim, Famurs, Instituto de Estudos Tributários, FESDT, IARGS, APMPA, ESGC, TCE, OAB ESA e ESDM.

O Seminário AIAMU de Administração Tributária Municipal – SEMAAT, foi idealizado com o objetivo de manter um programa de qualificação contínua e atualizada das Administrações Tributárias.
De caráter científico, o evento visou o enriquecimento do debate relacionado a temas polêmicos no que tange às administrações tributárias municipais, colaborando para o aprimoramento da arrecadação tributária, de forma a garantir os recursos necessários para o investimento nas demandas sociais, sem desequilíbrios econômicos.

O evento, embora com foco na Região Sul, tratou de temas de abrangência nacional e contou com a participação de representantes dos principais municípios do País.
A Coordenação Científica foi de César da Silva Giffhorn – Auditor-Fiscal da Receita Municipal de Porto Alegre. E o destaque do evento foi o retorno de 10,4% da dívida ativa em julho deste ano. Objetivo da Divisão de Arrecadação e Cobrança é encerrar o ano com índice em 10%.

Referência brasileira em recuperação de créditos, a Receita Municipal de Porto Alegre teve a oportunidade de apresentar aos participantes do VI SEMAAT – Seminário AIAMU de Administração Tributária Municipal os procedimentos que contribuíram para o destaque nacional. A exposição ocorreu no segundo e último dia do evento, que contou ainda com palestras sobre os desafios na arrecadação, compartilhamento de informações entre os fiscos e mudanças na legislação para crimes tributários.

Primeira colocada no ranking de arrecadação tributária entre as capitais do país, Porto Alegre registrou, em 2017, um retorno sobre o estoque da dívida ativa de 9,88%. Já em julho deste ano, o índice foi de 10,4%, conforme dados expostos pelo auditor-fiscal e diretor da Divisão de Arrecadação e Cobrança da Receita Municipal de Porto Alegre, Rodrigo Sartori Fantinel.

– Estabelecemos duas diretrizes como macroestratégias. A curto prazo queremos maximizar o retorno da dívida. Nossa meta é fechar o ano acima de 10%, o que exige ainda muito trabalho, mesmo que o resultado no início do segundo semestre tenha sido superior. A longo prazo, o objetivo é zerar o estoque da dívida e já estamos trabalhando para chegar próximo a isso – comentou Fantinel.

Para o presidente da Associação dos Auditores-Fiscais da Receita Municipal de Porto Alegre (AIAMU), Fernando Ismael Schunck, o objetivo de apresentar o case da capital gaúcha serve para inspirar outros municípios e viabilizar o compartilhamento de informações entre os fiscos para uma contribuição mútua. De forma geral, Schunck avalia de forma positiva a diversidade de temas abordados ao longo do seminário.
– Acredito que tivemos um evento bem amplo, com oficinas práticas, casos de sucesso e temas técnicos e jurídicos sobre direito tributário. Tivemos uma adesão muito boa, com lotação máxima. Recebemos representantes de vários municípios gaúchos e de fora do estado. É importante poder contribuir para a capacitação continuada dos fiscos municipais com temas polêmicos e relevantes – comentou.

Embora o caso de Porto Alegre seja otimista, a efetividade na arrecadação ainda é um problema para a maioria dos municípios. Para o advogado e doutor em direito tributário pela PUC/SP, Rafael Pandolfo, muitas vezes a questão está relacionada ao comportamento da sociedade. A corrupção, comportamento recorrente nos últimos anos, tem sido também tratada pela legislação com o objetivo de evitar crimes tributários. O procurador regional da República da 4a Região, Douglas Fischer, fez um alerta em sua palestra, sobre o dinheiro que entrou nos cofres públicos e acabou sendo desviado. Em sua abordagem o especialista discorreu sobre uma série de alterações legais recentes que impactam na arrecadação e detalhou aspectos da jurisprudência brasileira na área.

O compartilhamento de informações entre os fiscos também foi contemplado na programação do dia. Enquanto o desembargador do Tribunal Federal da 4a Região Leandro Paulsen alertou sobre os dilemas sobre o manuseio de informações, os superintendentes da Receita Federal da 10a Região Fiscal, Luiz Fernando Lorenzi, e da Receita Municipal de Porto Alegre, Teddy Biassusi, apresentaram resultados de um convênio firmado entre as instituições.

A União Seguradora se sente honrada em participar de um evento desta envergadura e parabeniza aos coordenadores pelo sucesso e objetivos alcançados.
logotipo zepol